quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Cosplay

Cosplay (em japonês: コスプ Kosupure) é abreviação de costume play ou ainda costume roleplay (ambos do inglês) que podem traduzir-se por "representação de personagem a caráter"
Esse ato, refere-se a atividade lúdica praticada principalmente (porém não exclusivamente) por jovens e que consiste em fantasiar-se de algum personagem real ou ficcional, concreto ou abstrato como, por exemplo, animes, mangás, comics, videojogos ou ainda de grupos musicais — acompanhado da tentativa de interpretá-los na medida do possível. Os participantes (ou jogadores) dessa atividade chamam-se, por isso, cosplayers.                                                                                        
                                                                                                                      
História:                                                            
O cosplay não foi criado no Japão. O primeiro cosplay conhecido foi criado por Forrest J. Ackerman em 1939, na companhia de Myrtle R. Douglas. Ele criou a veste chamada "futurecostume", enquanto ela criou uma versão do vestido do filme de 1936 "Things to Come". Desde então, tornou-se uma prática anual, com concursos e atrações próprias, e mais tarde estendendo-se aos fãs de fantasia e quadrinhos. Os primeiros cosplays de mangá/anime registrados são posteriores aos anos 70, nos EUA. O fenômeno do cosplay chegou ao Japão na década de 80 por meio de Nobuyuki Takahashi, que ficou surpreso com o costume ao visitar um Wordcon, que começou a incentivar a pratica no Japão pelas revistas de Ficção Científica. Tornou-se comum no Japão.                                                                 Desde aí formou-se um evento que prosseguiu desde então e se realiza regularmente. Lá, grupos de japoneses vestiam-se de seus personagens favoritos principalmente oriundos de mangás e animes. Contudo, com o passar do tempo, foi-se estendendo a outros domínios, em conceitos e culturas, ganhando foro internacional. Com a popularização do anime nos anos 90, o cosplay japones tornou-se popular no mundo todo, tratando-se de caracterizações de personagens existentes, enquanto que os primeiros cosplays (estadunidenses) estendiam-se principalmente à criação de personagens, não somente se prendendo aos já existentes.

Cosplay no Brasil:
Em convenções de jornada nas estrelas e RPG no final da decada de 80 já se encontravam fãs fantasiados de seus personagens favoritos. Todavia, tal caracterização não era ainda conhecida como cosplay, pois o termo, na época, ainda começava a se difundir no Japão. Demais, o ato de se fantasiar não era visto como um passatempo por seus praticantes, manifestando-se nas convenções apenas como um elemento de expressão dos fãs. No final da década de 1990 com a popularidade do anime Cavaleiros do Zodíaco surgiram as primeiras convenções de anime e mangá no país, fazendo assim essa atividade ressurgir, então com nome e características próprias, e os concursos. As caracterizações eram quase em sua totalidade de personagens de animação, quadrinhos ou jogos japoneses.                          
                                                                                                                                                    



fonte: http://animemangacosplay.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário