segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Shogatsu - O Ano Novo Japonês

Desde 1873 , o ano novo japonês é no dia 1º de janeiro, assim como no ocidente. Isso se deve a Reforma Meiji, que ocorreu com a queda do império no Japão. Existem comidas típicas e tradições de uma das datas festivas mais importantes no país.

Fogos de artifício em Tókio
Os preparativos para esses dias festivos começam com um mês de antecedência, tempo para uma limpeza geral no país, como um purificação para receber o ano que está chegando. Também é tradição da época presentear a quem nos sentimos gratos por algo e enviar cartões de Ano Novo, que muitas vezes são feitos à mão com temática do zodíaco chinês.

Os dias que iniciam o ano novo são considerados sagrados. Além das festividades, todo o comércio se fecha nos três primeiros dias do ano, pois trabalhar no período de shogatsu pode repelir o deus da Felicidade. Inclusive as donas de casa preparam antecipadamente a comida para esses três dias.

A refeição de ano novo é chamada de OSECHI-RYORI. E além de comidas como algas, bolinho de peixe, é tradicional consumir o TOSHIKOSHI-SOBA. Esse é um macarrão branco comprido e fino que lembra a barba de deuses de longa vida, representando longevidade. Outro prato popular na época é o OZONI, uma sopa com mochi(bolinho de arroz) e outros ingredientes que variam com a localidade, simbolizando sorte e graça dos deuses durante o ano.

Kagamimochi, conforme descrito ao lado.
Existem crenças de que o deus xintoísta, Toshigami, visita as casas no Ano Novo, por isso é feito o arranjo chamado KAGAMIMOCHI. Esse arranjo é feito de dois bolinhos de arroz, um sobre o outro, folhas de matsu e dadai(laranja japonesa) e é colocado em um altar na casa. Outro enfeite é o HEISOKU, origami dedicado a deusa Amaterasu. Por ser dedicado a uma divindade feminina, somente o chefe da casa ou o primogênito pode confeccionar o ornamento.

 As religiões tradicionais são o xintoísmo e o budismo. Elas inspiram as pessoas a saudar o novo ano orando ao primeiro amanhecer, pois o Sol é tido como principal divindade do universo. Esse momento de oração é chamado HATSUMOUDE. Outro momento religioso nas comemorações é a primeira visita ao tempo, é chamado de HATSUHINODE.

Bom, essa é apenas uma introdução a alguns dos costumes desse festival também com queima de fogos, agradecimentos e esperança para o futuro. Se quiserem saber um pouco mais, eu tenho como fonte uma matéria da revista Made in Japan e uma postagem do site Nipocultura. (links direcionaram para as postagens citadas)


Nenhum comentário:

Postar um comentário